20 outubro 2014

Clientes terão que pagar se quiserem continuar navegando quando a franquia de dados for atingida; entenda



A partir do mês que vem a Vivo irá adotar um novo modelo de tarifação. E muito em breve as demais operadoras como Claro, TIM e Oi irão seguir o mesmo caminho. De acordo com as empresas, o novo modelo permite ao cliente ter um serviço mais eficaz, ainda que haja um aumento no preço.

As primeiras "vítimas" serão clientes pré-pagos e, segundo a Vivo, "o mesmo deverá ser aplicado muito em breve para os clientes pós-pagos". Ainda de acordo com a empresa, todos os clientes serão notificados com antecedência sobre a mudança. É importante notar que o mesmo é aplicado por operadoras americanas e europeias.

Como funciona:
Quando o cliente consumir toda a franquia de dados, não terá mais a opção de continuar navegando com velocidade reduzida. Se quiser continuar a navegar, será necessário pagar, isto é, efetuar a compra de um pacote adicional.

Exemplo prático:
Um cliente assina um pacote pré-pago de 70MB por R$6,90. A franquia é atingida e a velocidade da internet  dele não é mais reduzida para 32kbps. Ele quer continuar navegando, o que fazer? Basta ele pagar R$2,90 e terá 50MB disponíveis por uma semana.

O que você acha disso? Considera uma forma de desrespeito ao consumidor? Comente. Deixe a sua opinião.

Um comentário:

Ao comentar, você declara estar ciente da nossa Política de Comentários.